cp2015_news_thumb_2_1

Eles são milhares e chegam de todos os cantos do país dispostos a enfrentar longas filas e dormir em barracas minúsculas, só para ter a chance de participar do maior evento de tecnologia do mundo. Para a 8ª edição da Campus Party Brasil 2015, que acontece de 3 a 8 de fevereiro, no São Paulo Expo, são esperados 8 mil campuseiros e cerca de 100 mil visitantes.

Serão 600 horas de conteúdos entre palestras, oficinas e workshops, distribuídos em dez palcos batizados com nomes de Galáxias, Planetas e Estrelas, uma referência ao 150° aniversário do livro “Da Terra à Lua”, de Julio Verne. A edição deste ano dedica boa parte de sua programação à ciência. Uma das estrelas do encontro é Miguel Nicolelis, neurocientista brasileiro responsável pelo Projeto Andar de Novo, que propõe um exoesqueleto controlado pela mente. Outra atração esperada é Paul Zaloom, ator do clássico “O Mundo de Beakman”, um dos programas de maior sucesso da TV nos anos 90. Shubham Banerjee também é convidado de honra. O garoto indiano de 13 anos criou uma impressora braile de baixo custo inicialmente desenvolvida a partir de peças Lego. Para mais informações sobre a agenda, clique aqui.

Parceria GTE/FCAV

Pela oitava vez consecutiva, a Fundação Vanzolini é parceira do evento, trabalhando na montagem da infraestrutura de cabeamento de rede e na instalação de 8.500 pontos de rede. Além disso, quem for ao evento terá apoio da equipe de Infraestrutura da GTE/FCAV, que estará à disposição dos campuseiros 24 horas por dia para prestar suporte a qualquer problema de conectividade nos equipamentos, fazendo com que os participantes não percam nem um segundo da conexão oferecida. Este ano, a Campus Party promete uma velocidade de 50 Gb/s, cerca de 16 mil vezes mais veloz do que a média da internet brasileira.

“Ser parceiro de um empreendimento desse porte é uma das melhores maneiras de interagir e cooperar para o desenvolvimento tecnológico do país, mobilizado pelo protagonismo empreendedor do jovem que participa e contagia as atividades. É também uma excelente oportunidade que temos para observar novos talentos e novas soluções”, afirma Beatriz Scavazza, coordenadora executiva da GTE/FCAV.

A Fundação Vanzolini se integra à proposta do evento com um debate sobre soluções tecnológicas para criar produtos que atendam às necessidades de pessoas com deficiências. Dia 6 de fevereiro, os professores Eduardo Zancul e André Fleury, ambos da Escola Politécnica da USP; e Cid Torquato, secretário adjunto da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência realizam uma palestra sobre o tema no Palco Saturno.

A Campus Party Brasil 2015 promete ser um imenso laboratório de inovação, criatividade, educação e entretenimento digital.