fig_inovaday_interna

Como usar grandes volumes de dados para prever comportamentos, elaborar estratégias e tomar decisões de forma rápida e eficiente?

Big Data e Fast Data: Prescrições e Predições com Dados  foram os temas da próxima edição do Inovaday,  encontro mensal realizado pela Unidade de Inovação – iGovSP da Subsecretaria de Parcerias e Inovação da Secretaria de Governo. O evento tem como missão a tarefa de construir  novos pensamentos, conceitos e ideias.

A próxima edição aconteceu em 31/03,  na Escola Fazendária e teve como convidados  Juliano Viana, cientista da computação com experiência na aplicação de tecnologia em problemas complexos e VP de tecnologia da KUNUMI e João Paulo Cavalcanti, pesquisador cultural, sócio-fundador da BOX1824 e da KUNUMI – laboratório de Inteligência Artificial focado Design Estratégico e Deep Learning. Eles vão tratar da “Inteligência artificial aplicada à gestão pública”. Para falar sobre Zeladoria urbana participativa – 156, Big Data e Fast Data” o evento teve a participação de Silvana de Matos, formada em Filosofia, head da plataforma Tridígito – 156 e + de 100 – criada pela startup Reglare e Mauro Jeckel, arquiteto e matemático, designer de inteligência artificial, fundador da startup Spumenews que faz parte da aceleradora Wayra: Telefonica Open Future.

 

Parceria consolidada

A GTE/ Fundação Vanzolini é parceira do InovaDay desde a primeira edição atuando desde a transmissão, edição e divulgação dos eventos, como também ajudando na curadoria dos temas e palestrantes. Segundo Roberto Agune, um dos criadores do evento, “o profissionalismo e a dedicação da equipe da Fundação Vanzolini neste projeto é algo que supera nossa expectativa de parceiro. Há um engajamento de todos em realizar o melhor, desde a escolha de palestrantes até a direção de imagem, os cortes, vinhetas, e enfim, sem essa parceira o inovaDay seria muito menor”.

Agune afirma que fomentar a inovação é essencial e inevitável para a mudança que é preciso ser feita na administração pública. “Temos por lema no inovaDay a frase “o governo de amanhã começa hoje”, que destaca a urgência dessas ações para que os governos consigam compreender a complexidade em que estamos hoje ao gerir a estrutura pública, que não é mais uma máquina, como dizíamos no século XX, a máquina pública; hoje sabemos que é um organismo vivo, em constante mudança.
Mas não podemos creditar à inovação, ou a falta dela, o fardo da revolução no setor público e que se não houver fomento, nada teremos. Inovar pode ser bem mais simples, podemos começar resolvendo os problemas de nosso entorno. Se o primeiro problema for a falta de apoio a um programa de inovação, recomendamos que faça como nós fizemos: busque os melhores parceiros”