fig_maos_destaque_thumb_interna

A corrupção é assunto frequente na vida dos brasileiros. De acordo com um levantamento feito pelo Datafolha, realizado entre os dias 25 e 26 de novembro, 34% dos entrevistados apontaram a corrupção como o principal problema do Brasil, à frente da saúde (16%); do desemprego (10%); e da violência e educação (8%).

Para marcar o Dia Internacional de Combate à Corrupção, criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Governo do Estado de São Paulo realizou, nos dias 9 e 10 de dezembro, o curso internacional “Combate à Fraude e à Corrupção nas Contratações Públicas”. A ação é resultado de uma parceria com a Instituto Internacional de Governabilidade e Risco  GovRisk, da Inglaterra, e tem como objetivo apresentar e discutir com   os servidores públicos paulistas que atuam nas áreas de contratação, licitação, gestão de contratos, auditoria, controladoria, corregedoria e controle interno de Governos e Prefeituras, métodos e técnicas utilizados por mecanismos internacionais especializados em combate à corrupção.

Apoio da área de Gestão de Tecnologias em Educação da  Fundação Vanzolini

840 vagas foram disponibilizadas aos servidores de todo o Estado de São Paulo que pueram acompanhar as aulas, ao vivo, em 17 polos de recepção espalhados por todo o Estado. A infraestrutura tecnológica foi oferecida pela tecReg e Rede do Saber, programas de capacitação a distância e em rede operacionalizados pela área de Gestão de Tecnologias em Educação, da Fundação Vanzolini. A GTE foi responsável pelo suporte técnico, modelagem dos materiais de apoio, além da capacitação dos facilitadores que orientaram o trabalho dos alunos durante a videoconferência.

Os participantes puderam interagir, ao vivo, com Michael Kramer,  investigador do Banco Mundial, responsável pelo curso, ministrado no Palácio dos Bandeirantes.

Para mais informações, acesse aqui