A Fundação Vanzolini é parceira da Campus Party Brasil desde 2008. Na edição em Recife, trabalhou na montagem de conexões e suporte técnico aos mais de 4 mil campuseiros que aproveitaram a velocidade recorde da internet disponível no evento. Foram quase 14 quilômetros de cabos passando por todo o pavilhão em 4 mil pontos de conexões.

Entre os dias 23 e 26 de julho, o público da Campus Party levou seus equipamentos ao Centro de Convenções Pernambuco, no Recife, e teve acesso à internet de 10 Gb por segundo, conexão cerca de mil vezes mais rápida a que estamos acostumados.

O apoio tecnológico não é o único foco dessa parceria com a Campus Party. Em todas as edições, a  Fundação Vanzolini/GTE levou aos campuseiros discussões sobre inovação com debates sobre Dispositivos Móveis na Educação, Mobilização Social por meio de Inclusão Digital e, até mesmo, videoconferência ao vivo com o MIT, Instituto de Tecnologia de Massachusetts, sobre os Desafios da Mobilidade Virtual.

Cultura maker

No começo deste ano, em São Paulo, a Fundação Vanzolini debateu na Campus Party Brasil o grande tema do momento: Makers. A receptividade e a repercussão foram tão grandes que a FCAV/GTE replicou o tema em Recife, levando ao palco Saturno a palestra “Makers colaborativos – inovando para pessoas com deficiência”, de André Leme Fleury, professor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e coordenador dos cursos Design Thinking da Fundação Vanzolini.

Também participaram como convidados do debate, Marcos Antonio Oliveira e Emily Schuler, fundadores da AnnuitWalk, startup com foco em tecnologias assistivas inovadoras para deficientes visuais, vencedora da premiação internacional da ONU, o World Summit Youth Award 2015.

De acordo com André Fleury, “o desenvolvimento de tecnologias assistivas representa uma fonte de oportunidades ilimitadas para o universo maker, já que cada portador de deficiência vivencia uma realidade específica, capaz de sensibilizar e inspirar o desenvolvimento de soluções inovadoras. Ao se demonstrarem viáveis técnica e economicamente, essas soluções criam novas oportunidades nos mercados e avançam o estado da arte da tecnologia”.