Criar espaço qualificado para reflexão crítica e aprendizado coletivo foi a proposta do Encontro Internacional de Inovação em Governo, que contou com debates, oficinas e trocas de experiências, ao longo dos dias 7, 8 e 9 de agosto, no centro histórico de São Paulo.

O evento contou com o apoio da área de Gestão de Tecnologias em Educação (GTE), da Fundação Carlos Alberto Vanzolini, na apresentação e na transmissão, realizada ao vivo pela internet.

Gestores públicos, lideranças políticas, pesquisadores, empreendedores cívicos e outros profissionais de dez países engajados apresentaram o que tem sido feito de inovador em seus governos. A ideia foi buscar inspiração e iniciativas de inovação pública e mudança organizacional para a Prefeitura de São Paulo, e também para outros gestores de outros governos.

A programação foi baseada em quatro grandes temas, relacionados à pauta de inovação no setor público: “Como engajar quem trabalha no setor público em processos de mudança?”; “O que está na agenda de inovação dos municípios?”; “Como nascem, crescem e morrem laboratórios de inovação pública?”; e “Como aproximar o governo e sociedade?”.

A abertura acontece na Praça das Artes, na presença de Daniel Annenberg, Secretário Municipal de Inovação e Tecnologia de São Paulo; Alê Youssef, Secretário Municipal de Cultura de São Paulo; e Bruno Covas, Prefeito de São Paulo.

Iniciativa

O encontro foi uma iniciativa do Laboratório de Inovação em Governo da Prefeitura de São Paulo, (o11).lab. Criado em 2017, pela SMIT – Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia, o laboratório tem em seu portfólio

projetos e programas que ajudam a aproximar quem desenha políticas e serviços públicos de quem implementa e os usa na prática.