O curso Escola com Celular – O Uso de Dispositivos Móveis na Educação está na 2ª edição e é voltado a todos os professores da Educação Básica. O principal objetivo é incentivar o uso das tecnologias da informação e comunicação (TICs) como estratégia para trabalhar conteúdos curriculares. O foco está no uso de dispositivos móveis, como tablets e celulares, utilizados como suportes para estimular a discussão entre os estudantes, os professores e a comunidade sobre temas relacionados à sustentabilidade.

O curso tem duração de 40 horas e aconteceu durante os meses de outubro e novembro. As aulas foram a distância, por meio da plataforma Moodle, uma espécie de sala de aula virtual onde o professor tem acesso às atividades de qualquer computador com internet. Os cursistas assistem a web aulas, fazem leituras, respondem a enquetes e participam de discussões e trocas de ideias em fóruns. Ao final, os educadores apresentam um plano de aula com base no conteúdo abordado e, caso sejam aprovados no curso, recebem uma certificação da Fundação Vanzolini.

Primeira edição

A 1ª edição do curso aconteceu nos meses de março a julho deste ano e teve a participação de cerca de 2.200 professores de todo o Brasil. Cátia Kister, professora de Arte há 25 anos, em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, conta que depois das aulas iniciou a produção de um documentário sobre consciência ambiental, usando os aparelhos celulares dos alunos. Segundo Robson Leite, professor de Geografia de uma escola municipal de São Paulo, o curso foi importante pela troca de informações com outros educadores e para que todos tivessem acesso a uma rica bibliografia sobre o tema.

Conheça o Programa Escola com Celular