Saúde em Rede

Rede concebida com soluções tecnológicas colaborativas – webconferências, videoconferências e transmissões streaming – e como instrumento estratégico da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo para viabilizar constante prontidão de comunicação e articulação para vigilância em saúde, gerenciamento de crises, capacitação e monitoramento com as diversas equipes de saúde do Estado de São Paulo.

São 153 pontos de presença (130 webconferências e 23 videoconferências/webconferências), distribuídos em todas as regiões do Estado, e dois pontos geradores – sala de situação/comunicação estratégica na Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD) e um estúdio localizado no Centro de Formação de Recursos Humanos (CEFOR). O Saúde em Rede oferece agilidade no desenvolvimento e lançamento de serviços e ações emergenciais, e redução de custos, ao evitar a ausência do posto de trabalho uma vez que as formações são a distância.

A GTE/FCAV planejou, implementou e atualmente operacionaliza o Programa Saúde em Rede.