A 2ª edição do curso Escola com Celular – O Uso de Dispositivos Móveis na Educação teve duração de mais de 40 horas e foi concluída em dezembro do ano passado. Dois mil e trezentos profissionais de todo o país receberam a formação a distância, utilizando a plataforma Moodle, uma espécie de sala de aula virtual onde o professor tem acesso às atividades de qualquer computador com internet.

Os temas centrais trabalhados foram descarte de resíduos, mobilidade sustentável e preservação de recursos naturais e culturais. Os cursistas assistiram a web aulas, fizeram leituras e participaram de discussões e de trocas de ideias em fóruns. Ao final, apresentaram um plano de aula com base no conteúdo abordado.

Andreia Dantas, vice-diretora de uma escola estadual de São Bernardo do Campo, São Paulo, apresentou o trabalho “Selfie, Selfie meu bairro”, cuja proposta é tirar fotos de alunos com paisagens ao fundo que retratem os problemas de sustentabilidade da região e que possam servir como temas para criação dos textos. De acordo com a vice-diretora, o fato de o curso ter sido a distância permitiu que ela conseguisse conciliar o trabalho na escola com as aulas. Dos conteúdos apresentados, Andreia destaca a legislação que regulamenta o uso de celulares dentro das salas de aula.

O curso Escola com Celular – O Uso de Dispositivos Móveis na Educação é voltado a todos os professores da Educação Básica e tem como principal objetivo incentivar o uso das tecnologias da informação e comunicação (TICs) como estratégia para se trabalhar conteúdos curriculares. O foco está no uso de dispositivos móveis, como tablets e celulares, utilizados como suportes para estimular a discussão entre os estudantes, os professores e a comunidade sobre temas relacionados à sustentabilidade. A 1ª edição do curso aconteceu nos meses de março a julho de 2014 e teve a participação de cerca de 2.200 professores de todo o Brasil.

A idealização do projeto “Escola com Celular” é da GTE/FCAV e do MIT (Massachusetts Institute of Technology). A implementação é da GTE/FCAV, com o apoio da ONG Ecosurfi.

Conheça o Programa Escola com Celular